'

domingo, 28 de fevereiro de 2016

"Meu coração é totalmente desarmado. Se eu amo, amo mesmo. Se eu confio, confio mesmo. Mas, o tempo, o aprendizado que vem com as circunstâncias,
têm me ensinado que inocência é coisa pra andar 
bem juntinha da sabedoria..."


Ana Jácomo 

sábado, 27 de fevereiro de 2016

"Eu quero alguém que divida o chão comigo. Quero alguém que me traga fôlego. Entenderam? - Quero dormir abraçada sem susto. Quero acordar e ver que (aconteça o que acontecer), tudo vai estar em seu lugar. Sem ansiedades. Sem montanhas-russas." 


Fernanda Mello


sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

“Dor não tem nada a ver com amargura.

Acho que tudo que acontece

é feito pra gente aprender cada vez mais,

é pra ensinar a gente a viver. Desdobrável,

Cada dia mais rica de humanidade.”


Adélia Prado

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

"Meus vincos, rugas, e cicatrizes, contam histórias do como eu fui e escrevem-me num tempo onde eu sou... É o passado quem tatua as digitais da vida...Erros e acertos... sinto-me irrevogavelmente insubstituível e única. Fui-me, sou-me, e isso a mim basta!"



Erikah Azevedo

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

"Eu até já tentei ser diferente por medo de doer, mas não tem jeito: só consigo ser igual a mim."


Ana Jácomo

sábado, 20 de fevereiro de 2016

"A maturidade me permite olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranquilidade, querer com mais doçura."


Lya Luft

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

“Em mim há uma infinidade de recortes, mas não sou arte que deve ser apreciada com pressa. Sou feita de detalhes antigos que carecem de contextualizações. Quem quiser que venha, mas antes se informe. Sou igual aos museus. Tenho horário para fechar.”


Pe. Fábio de Melo

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

"Não gosto de nada que é raso, de água pela canela. Ou eu mergulho até encontrar o reino submerso de Atlântida ou fico à margem, espiando de fora. Não consigo gostar mais ou menos das pessoas, e não quero essa condescendência comigo também. Pareço transparente e azul, mas é tudo anilina, sou uma praia de cartão-postal."


Martha Medeiros

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

"Você não quer mais nada dessa vida. Quer ele. E só. Aqueles olhinhos brilhando do seu lado. Aquele olhar que fala sem palavras (…). Ele é o cara pra quem você olha e pensa: fica na minha vida pra sempre?"



Brena Braz


"O amor sobrevive no mistério, no desvelamento cotidiano que nunca chega à plenitude, porque tudo o que já está pleno, já está pronto. O amor só é amor porque é inacabado, é metade que chama, implora e pede clemência. Amar é uma interessante e bonita forma de carecer, de ser fraco, de entregar os pontos, de viver sem armas, como se por um instante, só por um instante, a luta que marca a nossa sobrevivência tivesse entrado em estado de trégua.
O encanto que sobrevive no amor só pode durar enquanto se estenderem os segredos que sacralizam a relação. E por isso é necessário retirar as sandálias dos pés, pisar com leveza, olhar com cuidado. O amor é amigo do silêncio. Sobrevive no querer dizer, na tentativa frustrada de verbalizar o que é a crença da alma, o sustento do espírito.

A saudade é benéfica ao amor. Distantes, os amantes mensuram o tamanho do bem-querer. Medida que se descobre nos desconcertos da ausência, no engasgo constante da recordação, recurso que faz voltar no tempo, engana as horas, aproxima as peles, diminui as estradas, ancora os navios, pousa os aviões, faz chegar os ausentes."



Pe. Fábio de Melo

domingo, 14 de fevereiro de 2016

"Não importa quanto tempo já se passou: eu sou a mesma, o amor é o mesmo, e a esperança."


Lya Luft

sábado, 13 de fevereiro de 2016

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

"Eu nunca quero ter certeza de tudo na vida. Acho que amar é isso. Saber dar sem garantias. Sem exigir nada em troca. Arriscar, acreditando que vai dar certo. Sem olhar pra trás e se arrepender porque deu errado ou porque não era bem assim que você planejou. Acho que amar é a incondicionalidade. Não impor condições. Não ter prazo de validade. Não sei nada sobre amar, mas desconfio que não tem nada a ver com certezas."


 Brena Braz

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

"E eu compreendi que não podia suportar a ideia de nunca mais escutar esse riso. Ele era para mim como uma fonte no deserto."


Antoine de Saint-Exupéry

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

“Quem não compreende um olhar,
tampouco compreenderá uma longa explicação...”



  Provérbio Árabe

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

"Felicidade independe de inúmeras circunstâncias para inaugurar recomeços. E eu sou uma mulher de muitos inícios. Então, se nublo, floresço – porque é o que eu faço de mais bonito."


 Priscila Rôde

domingo, 7 de fevereiro de 2016

"Nenhuma palavra dita fará com que você me compreenda, se verdadeiramente não souber ler o que transpareço. Portanto, nada de deduções. Sou um filme sem legenda, só quem fala minha língua consegue me entender."


Fernanda Gaona

sábado, 6 de fevereiro de 2016

“A paixão testa, o amor prova. A paixão acelera, o amor retarda. A paixão repete o corpo, o amor cria o corpo. A paixão incrimina, o amor perdoa. A paixão convence, o amor dissuade. A paixão é desejo da vaidade, o amor é a vaidade do desejo. A paixão não pensa, o amor pesa. A paixão vasculha o que o amor descobre. A paixão não aceita testemunhas, o amor é testemunha. A paixão facilita o encontro, o amor dificulta. A paixão não se prepara, o amor demora para falar. A paixão começa rápido, o amor não termina.


Fabrício Carpinejar

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

"O encurtamento dos olhos é só do lado de fora. Por dentro, eu vejo muito comprido."


Ana Jácomo

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

“Não sei, até hoje não sei se o príncipe era um deles. Eu não podia saber, ele não falava. E, depois, ele não veio mais. Eu dava um cavalo branco para ele, uma espada, dava um castelo e bruxas para ele matar, dava todas essas coisas e mais as que ele pedisse, fazia com a areia, com o sal, com as folhas dos coqueiros, com as cascas dos cocos, até com a minha carne eu construía um cavalo branco para aquele príncipe. Mas ele não queria, acho que ele não queria, e eu não tive tempo de dizer que quando a gente precisa que alguém fique a gente constrói qualquer coisa, até um castelo.”


Caio Fernando Abreu

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

"Sou frágil e romântica e não é somente desse mal que padeço. A maturidade chegou, porém os sortilégios que permeiam meu ser insistem em existir. No meu coração de guerreira existem segredos e mistérios que a minha razão desconhece."
 
 
 Denise Portes

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

"Na fita da secretária eletrônica, deixar só um recado. Ouvir de novo, acreditar. Nem precisa ser de verdade. Rosas vermelhas brilham no escuro da sala quase toda branca. Quando teu pensamento me chamou foi bonito."


Caio Fernando Abreu