'

terça-feira, 22 de setembro de 2015

"Gosto de quem entende o que eu digo. De quem escuta o que eu penso. Da minha prole. Dos meus discos. Dos meus livros. Da minha solidãozinha. Dos meus blues. Do meu umbigo. De unhas cor de carmim. De homem que sabe ser homem. De noites em claro e dias em branco. De chuva e de sol. Eu guardo as minhas rejeições em vidrinhos rotulados com o nome delas. Eu sou mole demais por dentro pra deixar todo mundo ver, eu deixo pra quem eu acho que pode comigo. Ninguém sabe, mas eu tenho coração de moça!"


Fernanda Young

10 comentários :

  1. Lindo e belo texto.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Gigi, gosto muito de ler-te! Texto está perfeito! Abração!

    ResponderExcluir
  3. Ameeeei =)
    Até copiei e colei no meu mural do Facebook. Parece feita pra mim.
    Beijo bem grande e muito sucesso
    http://www.alecanofre.com/

    ResponderExcluir
  4. Sem falar de nada à toa,
    fala da sua solidãozinha,
    no canta da sua boca
    gosto de ver aquela covinha.

    Tenha tudo de bom amiga Gigi,
    não deixa nunca a felicidade
    nem de manhã, nem à tarde
    andar por aí à toa longe de si.

    Um abraço,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto, Gigi! Bjss

    www.blogdatatah.com

    ResponderExcluir
  6. A mensagem deste texto é belíssima Gigi
    Beijos e sorrisos

    ResponderExcluir